- Danielle Krizanovski"/> "/> Danielle Krizanovski :: Psicóloga
Blog

11/10/2016 - Comemoração Criança interior Dia das Crianças

criancas brincando danielle-krizanovski-psicologa-curitiba.jpg12

Abrace sua Criança Interior

  “Dentro de você, agora mesmo, vive uma criança, a criança que você foi um dia”.

Você consegue se lembrar dela?

Dessa criança que tantas vezes se sentiu amedrontada por coisas que hoje já não o amedrontam mais? Que tinha sonhos, os quais você talvez tenha se esquecido? Que olhava para o mundo com uma pureza comovente e uma alegria contagiante?

Muitas vezes, na medida em que vamos envelhecendo, acabamos nos afastando dessa criança, nos esquecendo de sua voz suave, abandonando-a em algum cantinho esquecido do nosso coração. Outras vezes, para nos adaptarmos às infindáveis solicitações da vida moderna, assumimos que a criança nos deixa vulneráveis demais, e a encarceramos atrás das grades fortes e frias, tornando-se rígidos e duros, muitas vezes surdos ao choro motivado pelo sentimento de abandono que vem de dentro de nós.

Mas uma coisa é verdade. Nunca seremos plenamente felizes se não resgatarmos a nossa criança. Não importa onde ela esteja, precisamos mergulhar dentro de nós mesmos e tomá-la em nossos braços.

dia-das-crianças-psicóloga-danielle-krizanovski-curitiba

Precisamos cuidar dessa criança com todo o amor de que formos capazes e trazê-la de volta para a nossa vida, para que, com ela , recuperemos a leveza, a pureza, a capacidade de acreditar, criar, brincar e crescer.

A vida sem essa criança torna-se como um jardim ressecado e estéril. Falta vida. Falta alegria. Faltam sonhos. Falta amor. 

(…) Pare de levar tudo tão a sério, pare de lutar com a vida por um momento e concentre-se em cuidar da criança que existe em você. Ouça mais seus sentimentos, não seja tão racional.

Acolha o que quer que esteja sentindo, sem críticas. 

Faça silêncio em sua mente para que você possa ouvir a voz da sua criança. Descubra quais são as suas necessidades reais neste momento e respeite-as. Talvez você precise diminuir o ritmo de trabalho, talvez precise repensar suas obrigações, permitindo-se férias em meio à natureza. Talvez precise de um sorvete de chocolate, ou talvez ande comendo chocolate demais e precise de limites mais claros. Ouça a sua criança, tome-a em seus braços. Ajude-a. Ela precisa de você”.

 

Fonte: Trecho do livro Jardim dos Anjos –  Patricia Gebrim, 2008
Topo

Cadastre-se e receba todas as novidades do Blog Danielle Krizanovski